sexta-feira, 25 de maio de 2012

Um pouquinho de muito



Menino com os coleguinhas da escola. 
Dia 14: O menino completou 23 meses! Vai ter festinha de dois anos na escola mês que vem!

Dia 17: O menino escreveu o próprio nome. Bem cedinho, lá pelas 6h30 da manhã, menino acorda e encontra o Ipad da mãe. Pai ao computador, mãe meio dormindo meio acordada e menino quietinho=aprontando! Depois de alguns minutos (ou muitos, eu estava em estado de letargia), o menino chama mãe e pai para verem sua obra. J O A O escrito no Ipad. E agora quando a gente pergunta como se escreve o nome dele, responde: Djei, ou, ei, ou!
Rabiscando o calendário no colo do pai.

Dia 19: Menino ao telefone com o pai pela primeira vez. Pensei que ele estranharia a tecnologia de séculos passados, mas o trauma foi pequeno. Ele entendeu que o pai não conseguia vê-lo, mas achou que podia senti-lo. Beijou o aparelho mil vezes em vão. Não, meu filho, não há nenhuma compensação pelo aspecto arcaico do meu telefone. Além de não permitir ver, nao permite sentir. Que velharia! Desistiu do beijo físico e disse: "bexo, papai, aqui é o filho".

Todos os dias: o menino não come. Ele ainda não especificou os termos da greve, mas mantém a dieta na base do leite ralo.

Nova atividade favorita: tirar e colocar os gizes de cera de uma latinha muitas vezes seguidas, desenhar e pintar.

9 comentários:

  1. "Bexo papai, aqui é o filho!" que coiiiiisa mais LINDA hahahaha

    Vamos fazer assim, colocamos Pok e João juntos, João ensina o Pok a falar e Pok ensina o João a comer (e dormir, se ele ainda tiver acordando muito!), acho que todos sairemos ganhando ahhaha.
    Pok tá tagarela, mas parece falar um novo tipo de Papiamento hahaha.

    Beijocas e feliz 23 meses.

    PS:Que tal tentar dar umas delicinhas pro João, tipo, finger foods, tenho receitinhas de nuggets, almondegas, kibe, bolinho de arroz com espinafre e algumas outras coisas que dá pra fazer em casa, assar no forno, que enganam os olhos e encheam a barriguinha, só leite ralo não dá não! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ingrid, eu tenho certeza absoluta que seria uma farra! Ou então uma loucura, né? Mas olha, o João ainda fala pouco, ele mistura tudo e constrói poucas frases. Mas está avançando bastante a cada dia. Acho que meninos demoram um pouco mais a falar em geral. Minha sobrinha falava tudo com dois anos, tudo mesmo. Era até estranho, heheh.

      Ei, eu quero todas as suas receitas!! Eu sou uma mãe muito ruim de fogão. Preciso aprender a fazer coisinhas assim. Se ele não gostar, com certeza o pai vai gostar, hehehe.

      Beijos

      Excluir
    2. Explica para ele, Maria Clara, muito bem explicadinho, que ele é da vovó. Não é da Lia, nem da Susi. É só da vovó!
      Beijos,
      Sheila

      Excluir
  2. Clarinha, que gracinha, beijando o aparelho, aiii...
    Ele ainda é bem pequeno, uma fase deliciosa pra curtir muito, apesar dos muitos desafios. E não tem preço uma frase como aquela...
    Bexo Clarinha, bexo pra vocês todos aí!! Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juliana. Obrigada! É verdade, essa fase é ótima. Mil descobertas. Não fossem as birras frequentes, seria tudo perfeito, mas acho que aí talvez a gente nem apreciaria tanto os momentos felizes! Beijos ;)

      Excluir
  3. É muita, muita fofura pra uma criança só! Beijar o telefone é pra deixar todas as tias ainda mais apaixonadas!

    ResponderExcluir
  4. Que coisa mais linda. Andre até hoje continua na batalha pra comer. Come tudo que é besteira e comida que é bom mesmo quase nada. Tentamos toda semana uma coisa nova ou experimentar coisas que comia antes. Aí vomita e fica sempre nessa batalha. Dei um tempo até o final do ano pra ele voltar a comer bem. Ele disse que até os sete ele vai comer salada. Kkkk vou esperar...tomara que a promessa dele seja cumprida. Voltem logo! Bjs nesse menino lindo. Saudades

    ResponderExcluir
  5. Que lindo, que fofo, que doisa mais goxtosa!!

    ResponderExcluir
  6. Ahahaha, adorei. Clarice se irrita com telefone e quase sempre chora, acho que se sente incompreendida por este meio velho e sem imagem.
    Bexo procês!

    ResponderExcluir

Comente aqui!